Como fazer um perfil no LinkedIn para encontrar um bom emprego - Fashion Trends
Carreira

Como fazer um perfil no LinkedIn para encontrar um bom emprego

27 de novembro de 2023

Como fazer um perfil no LinkedIn para encontrar um bom emprego

Como fazer um perfil no LinkedIn: é apropriado adicionar um resumo? As ‘habilidades interpessoais’ são importantes? Nós temos todas as respostas.

Seja porque você está pensando em mudar de emprego ou porque está pesquisando ativamente, não há dúvida de que ter um bom perfil no LinkedIn é fundamental. Mas como fazer um perfil atrativo para conseguir boas oportunidades?

É fundamental ter um perfil profissional completo no LinkedIn

É fundamental ter um perfil profissional completo no LinkedIn, pois é a forma como nos apresentamos ao mundo como profissionais, seja para procurar emprego ou para criar a nossa própria comunidade. Também não podemos deixar de detalhar nossa experiência profissional juntamente com as funções que desempenhamos, nossa formação, habilidades e interesses.

Outro aspecto ao qual devemos prestar muita atenção, embora seja uma tendência em mudança nos dias de hoje, é a foto do perfil, já que, em muitas ocasiões, é a nossa carta de apresentação quando nos conectamos com alguém no LinkedIn. De fato, na plataforma pudemos verificar que os membros com foto de perfil têm 21 vezes mais visitas e até nove vezes mais pedidos de ligação do que aqueles que não a incluem.

Por isso, é fundamental dedicar tempo na escolha da nossa foto para que seja profissional e de boa qualidade. Lembre também que é importante habilitar a função ‘Aberto ao Trabalho’ quando estivermos em processo de procura de emprego. Esta é uma moldura fotográfica que permite aos recrutadores saberem que você está aberto para trabalhar.

Devemos escolher bem quem queremos seguir e com quem interagimos

Não podemos esquecer, que também temos que cuidar da rede de contatos. A plataforma nos dá a oportunidade de estabelecer conexões com profissionais de todo o mundo. Por isso, devemos escolher bem quem queremos seguir e com quem interagimos. As pessoas certas nos ajudarão a crescer profissionalmente e a descobrir novas oportunidades de emprego. Para conseguir uma rede sólida de contatos é fundamental criar conteúdos relevantes e de qualidade com os quais acrescentemos valor à comunidade.

Como se destacar e melhorar

Devemos pensar que existem oportunidades em inúmeras empresas. Nesse contexto, é importante refletir sobre onde podemos agregar mais valor com base na experiência profissional ou de vida. Não há dúvida de que uma boa formação, um elevado nível de conhecimento da língua e um bom nível de comunicação, juntamente com uma preparação exaustiva para o cargo a que nos candidatamos, dará uma imagem séria e profissional.

Como aponta a primeira edição do relatório ‘Estratégias de gestão de pessoas em ação’, dada a falta de talento necessário, 82% dos gestores de pessoas consideram que para atrair os melhores talentos para as organizações é necessário facilitar e esclarecer a regulamentação dos contratos de formação.

A plataforma aposta na formação contínua e na aquisição de novas competências para fazer a diferença entre um candidato e outro. E existe o LinkedIn Learning, que conta com mais de 3.000 cursos dos mais diversos setores para que os profissionais possam continuar crescendo, se reciclando e se adaptando a um mercado de trabalho que nunca para de mudar.

As competências essenciais tradicionais não são mais a única coisa que os recrutadores consideram

No que diz respeito à estratégia de qualificação e requalificação, 79% dos profissionais questionados consideram que é necessário dar mais enfoque às ‘soft skills’ e que a atual regulamentação dos contratos de formação pode não ser adequada para incentivar o recrutamento de jovens talentos.

As competências essenciais tradicionais não são mais a única coisa que os recrutadores consideram. ‘Habilidades interpessoais’ ou competências transversais como empatia, criatividade, comunicação ou liderança também estão atraindo atenção. Portanto, não devemos ter medo de mostrá-los para que os empregadores tenham uma ideia de como somos, como trabalhamos e qual função seria mais adequada para nós.

O currículo e resumo introdutório

Não só o perfil na plataforma é vital, mas também o currículo, por isso é importante saber o que os especialistas de RH procuram tanto em os perfis e no currículo para notar alguém? É importante que a extensão do currículo seja unilateral, independente da extensão da trajetória profissional da pessoa.

Tem que ser bem estruturado, com datas específicas e deve indicar o cargo ocupado em cada empresa e as funções. Independentemente da carreira profissional, tanto o perfil do Linkedin quanto o currículo devem projetar uma imagem profissional e séria. É a nossa carta de apresentação.

Finalmente, você pode ter considerado, ao preencher seu perfil no LinkedIn, se é apropriado incluir um resumo ou não. Definitivamente. Além de atualizar a experiência de trabalho, o ideal é aproveitar este espaço para criar uma introdução que nos defina como profissionais. Falar sobre nossos objetivos, experiências ou habilidades para alcançar outros profissionais é uma ótima maneira de nos destacar dos demais candidatos. Quando alguém entra em nosso perfil, esse extrato é uma janela aberta para nos descrevermos e devemos aproveitá-lo.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

TRAJE ESPORTE FINO FEMININO