Os Tratamentos de Beleza que a sua pele necessita aos 20, 30 e 40 anos - Fashion Trends
Beleza Pele Tratamentos de beleza

Os Tratamentos de Beleza que a sua pele necessita aos 20, 30 e 40 anos

28 de novembro de 2023

tratamentos de beleza

Tratamentos de Beleza: Embora as necessidades sejam diferentes em cada idade, devemos seguir algumas orientações para ter uma pele sempre luminosa, saudável e bonita.

Geralmente, quando completamos 20 anos a nossa principal preocupação – em termos de beleza – costuma ser o aparecimento de acne, enquanto aos 30 costuma ser o aparecimento dos primeiros sinais de envelhecimento e aos 40 ficamos preocupados com a falta de firmeza, elasticidade e o ausência de colágeno na pele.

No entanto, estes sintomas podem ser atenuados desde que sigamos um estilo de vida saudável e saibamos como cuidar adequadamente da nossa pele aos 20, 30 e 40 anos.

Tratamentos de Beleza: Quais são as necessidades da pele em cada fase

Pele aos 20 anos: como cuidar bem

Acontece que aos 20 anos nos deixamos influenciar (muitas vezes) pelas tendências. Dado que a informação que temos à nossa disposição é muito variada e acessível, nem sempre sabemos o que é melhor para a nossa pele e não conhecemos bem o nosso tipo de pele, por isso o essencial é consultar um especialista para ajudar a criar uma rotina de cuidados individualizada que responde às necessidades da nossa pele em todos os momentos.

E, embora os mais eficazes sejam os tratamentos tópicos de hidratação a nível médico cosmético, existem outras orientações que devemos incluir na nossa rotina para nos familiarizarmos com os cuidados com a pele: limpeza facial, hidratação e proteção solar.

Desta forma, conseguiremos uma pele limpa e hidratada e ajudaremos a prevenir o aparecimento de pigmentações e rugas ou linhas de expressão.

Muitas vezes, nessa idade, você comete o erro de entrar na primeira loja de cosméticos onde, sem estudo prévio, começam a te contar sobre os benefícios dos cremes e você corre o risco de acabar com uma bateria de cremes nos banhos que muitas vezes não são adequados para a pele e podem até causar reações cutâneas como coceira, eczema, dermatite… Portanto, além de fazer uma rotina e realizar tratamentos para melhorar a pele dos seus 20 anos, outro detalhe muito importante: a prevenção.

E para isso é preciso agregar a fotoproteção solar à rotina. Se quisermos também melhorar a textura da pele e tratar processos dermatológicos como rosácea ou acne, podemos experimentar tratamentos como peelings químicos – que ajudarão a melhorar sua aparência – e também procedimentos como luz pulsada, que ajudarão a unificar o tom da pele e consegue um efeito de luminosidade.

Veja também: Ácido hialurônico: o ingrediente essencial em seus tratamentos de beleza

Pele aos 30: como cuidar bem

Aos 30 anos começam a aparecer os sinais de envelhecimento, por isso é fundamental cuidar da pele e continuar com a prevenção. Mas, aos 30 anos também existe a preocupação de que, embora por vezes não saibamos o que pode estar a acontecer à pele, podemos ver pequenas irregularidades cuja origem desconhecemos.

Podemos experimentar tratamentos como a mesoterapia com vitaminas e ácido hialurônico com capacidade de hidratação. Este tratamento fornece à pele os nutrientes que vai perdendo ao longo do tempo e com certos hábitos que influenciam o envelhecimento para produzir renovação epidérmica ou tratamentos preventivos de rugas dinâmicas que garantam que as emoções refletidas no nosso rosto correspondam às que realmente sentimos.

Embora muitas pessoas pensem o contrário, 30 anos é a idade ideal para começar a realizar tratamentos de neuromodulação – toxina botulínica – já que, além de corrigir, você pode prevenir o aparecimento e marcação dessas rugas de expressão. A reposição com ácido hialurônico para olheiras e terço médio – maçã do rosto – é um tratamento natural e muito adequado nesta idade.

Pele aos 40: como cuidar bem

Por fim, a partir dos 40 anos os sinais de envelhecimento começam a manifestar-se de forma mais evidente como consequência do fato de existirem alterações ligadas à dinâmica dos músculos – especialmente ao nível do terço superior – e de alterações na pigmentação também serem evidente devido à exposição solar e a certos tratamentos em que foram utilizadas drogas fotossensíveis.

Geralmente, a pele apresenta rugas perioculares – conhecidas como pés de galinha – na região das sobrancelhas e na flacidez da pálpebra, fazendo com que nossos olhos pareçam mais cansados.

Um dos primeiros sinais de envelhecimento são as linhas de expressão, como rugas na testa, entre as sobrancelhas ou pés de galinha, que geralmente começam a aparecer por volta dos 30 anos. À medida que nos aproximamos dos 40, elas também começam a ser perceptíveis. relacionado à flacidez.

Além disso, devemos saber que o envelhecimento é um processo que não afeta apenas a própria pele, mas também as demais estruturas anatômicas que a sustentam. Como consequência, isso faz com que a pele deslize para frente e para baixo, tornando a flacidez mais perceptível.

Mas, por outro lado, a pele também sofre sua própria deterioração, tornando visível a perda de elastina e colágeno. O colágeno fica cada dia mais fragmentado, a flacidez aumenta e é aí que as alterações realmente começam a se instalar nos suportes profundos da face.

Notamos que há uma reabsorção de pontos de suporte que geralmente são as bolsas de gordura na região do rosto, as maçãs do rosto, as bochechas e a mandíbula. Para isso, podemos utilizar fórmulas ricas em ácido hialurônico, que nos ajudarão a preencher essa área, proporcionar hidratação e também ter uma pele mais iluminada.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

TRAJE ESPORTE FINO FEMININO