Relacionamento Abusivo e a Fragilidade da Mulher - Fashion Trends
Relacionamento

Relacionamento Abusivo e a Fragilidade da Mulher

7 de junho de 2024

Relacionamento Abusivo

Relacionamento Abusivo: É notável que muitas mulheres não conseguem perceber que estão em uma relação abusiva, já que muitas delas não conhecem a diferença entre amor e abuso.

Por isso, é importante entender que relacionamentos abusivos se caracterizam por padrões de comportamento que visam manter o controle e o poder sobre a outra pessoa. Geralmente, mostram-se por meio de ciúmes, ameaças, isolamento, humilhação, manipulação, entre outros.

Como identificar um relacionamento abusivo?

Você pode se encontrar em um relacionamento abusivo, mesmo sem perceber. Esta dinâmica de abuso é decorrente de diversos fatores, como a pressão social e o machismo. O cenário é ainda mais complicado quando os abusos se iniciam na infância. Por isso, é importante que as mulheres reconheçam e enfrentem esses problemas, desconstruindo a ideia de que são naturalizadas e minimizadas. Somente assim, torna-se possível sair de um relacionamento abusivo.

Veja também: Relacionamento tóxico: sinais clássicos, como identificar e se livrar de um

A fragilidade da autoestima feminina

O abuso em qualquer forma afeta a autoestima feminina. Mensagens negativas e críticas afetam o bem-estar emocional de uma mulher, deixando-a insegura, angustiada e com sentimentos de inadequação. Tais abusos também podem levar a sérios problemas de saúde mental, como depressão, ansiedade e transtornos de estresse pós-traumático. É importante que mulheres em situações abusivas procurem ajuda e apoio para lidar com o trauma e recuperar sua autoestima.

É necessário que as mulheres entendam que não estão sozinhas e que existem inúmeros meios de buscar ajuda.

Buscar uma rede de apoio

Infelizmente, não todas as mulheres têm uma amiga como ela para incentivá-las a saírem de relações abusivas. Muitas vezes, as amigas até mesmo pressionam as mulheres a permanecerem na situação, pois elas também possuem uma visão errônea sobre o que é amor e sobre os comportamentos dos homens.

Consequências de um relacionamento abusivo

A vítima de abuso sofre um grande impacto em sua saúde emocional e na autoestima. Esta situação pode levar a sentimentos de desolação, desamparo e inferioridade, que por sua vez podem afetar a capacidade de julgamento e de se relacionar com outras pessoas. Abuso emocional é um tipo de violência psicológica que usa palavras, ações e comportamentos para controlar, manipular e diminuir a autoestima de outra pessoa. A vítima dessa prática precisa de ajuda para recuperar a autoestima e para se sentir forte e capaz de enfrentar as adversidades da vida.

É importante entender a dinâmica do abuso emocional em relacionamentos românticos, pois, embora possa ser muito sutil, pode ter consequências devastadoras. Pode envolver manipulação, controle, chantagem emocional, humilhação, críticas constantes, isolamento e até mesmo violência física. Aprender a identificar os sinais de abuso emocional em relacionamentos íntimos e procurar ajuda é fundamental para interromper o ciclo.

Como saber se estou em uma relacionamento tóxico?

A seguir, confira um passo a passo de como um relacionamento tóxico evolui:

1. Mimetismo

Ele se esforça para conquistar seu coração, oferecendo a melhor versão de si mesmo. Ele te seduz com seu carisma, fazendo com que você se apaixone pela pessoa que ele é. Tudo é perfeito, como se fosse o destino, e você acredita que encontrou sua alma gêmea. Ele vai além de suas expectativas, fazendo o que acredita que você irá gostar.

2. Recompensas

Se você se comporta do jeito que ele deseja, você receberá recompensas. Por outro lado, se você não se comportar de acordo com o que ele espera, você será punida com ausência, indiferença, frieza, silêncio ou até mesmo com palavras duras sobre como você está destruindo a relação. Como consequência das punições, você perde a sua essência, autenticidade e começa a se transformar na pessoa que ele quer que você seja. Em troca, você recebe recompensas emocionais vazias.

3. Culpa

A vítima é frequentemente culpabilizada por coisas que não fez, o que a coloca em uma posição de medo e tensão. Estas emoções só tendem a aumentar quando há agressões psicológicas, verbais e até físicas. O abusador age dessa forma como reação ao que vê e sente, e isso impede a vítima de entender o que está acontecendo e enxergar o problema de forma clara.

4. Isolamento

A sensação de medo leva a vítima a se afastar dos amigos e familiares que o abusador não gosta. Assim, a pessoa se vê fragilizada e acredita nas ações de seu abusador, que a manipula com seu controle, ciúmes e brigas desnecessárias. A consequência é que a vítima acaba se isolando ainda mais e se tornando dependente desta relação abusiva. Esse é o passo mais cruel.

5. Gasligthing

Você não é mais a mesma mulher que ele conheceu. No entanto, ele a julga e a puni com indiferença. Ele afirma não ter feito nada que a magoasse, mas isso não impede que você se sinta desacreditada e desvalorizada. Sua saúde mental foi afetada e você começa a duvidar de si mesma, perguntando-se se ela está em sua sanidade ou se ele está certo.

6. Romantização do abuso

Neste momento, o abusador usa sua habilidade de sedução e promessas que não serão cumpridas para convencê-la de que ela é a mulher da vida dele e que ele a ama. Ele diz que fará dela a pessoa mais feliz do mundo. No entanto, acreditar nas suas promessas de felicidade e que ele possa mudar leva à ignorância de todas as evidências de sofrimento que a relação traz.

7. Triangulação na relação

Ele é muito desejado, recebendo convites e cantadas todos os dias. Devido à sua atratividade, ele alimenta sua insegurança tentando gerar sentimentos de ciúmes e gratidão em seu parceiro ou parceira. Estes sentimentos, muitas vezes, levam a uma lua de mel seguida por um clima de tensão que pode culminar em violência. Infelizmente, isso pode resultar em feminicídio.
Procure ajuda

Para combater o abuso emocional e fortalecer a autoestima, é fundamental que a vítima busque ajuda. Ela deve procurar o apoio de pessoas de sua rede de amizades e, se necessário, procurar a orientação de um profissional qualificado. É importante que a vítima saiba que merece ser tratada com amor e respeito e que ela tem valor.

O que é abuso emocional?

O abuso emocional em relacionamentos amorosos precisa ser tratado com a devida atenção. É necessário reconhecer os sinais de abuso e buscar ajuda para que se possa enfrentar e superar essa situação. O abuso emocional em relações amorosas é uma questão a ser severamente considerada. É um tipo de violência que pode ser tão devastador quanto o abuso físico, mas é ainda mais difícil de identificar. Estamos falando de qualquer comportamento prejudicial que cause dano emocional ou mental a outra pessoa, como insultos, humilhação, manipulação, controle, chantagem, isolamento, ameaças e intimidação. É importante reconhecer os sinais de abuso e buscar ajuda para lidar com esta situação. Dessa forma, é possível enfrentar e superar essa realidade.

Relacionamento abusivo – Conclusão

Desafortunadamente, não temos alguém que nos acorde todas as manhãs para nos alertar. Não temos ninguém como a Larissa para nos guiar com sabedoria para longe de um abusador. E não há uma votação para nos ajudar a nos livrar dele da nossa vida, do nosso coração e da nossa casa. A tarefa é difícil, mas não impossível. Só você pode tomar as decisões certas para sair dessa situação. Lembre-se sempre: não é porque alguns não sabem amar que você não merece ser amada!




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

PERFUME ÁRABE FEMININO: OS MAIS VENDIDOS