Tudo o que você precisa saber sobre cirurgia de joanete - Fashion Trends
Sapatos Saúde

Tudo o que você precisa saber sobre cirurgia de joanete

2 de fevereiro de 2024

joanete

Joanete: São dolorosos, deformam o pé e pioram com os calcanhares. São deformidades ósseas que se formam na articulação da base do dedão do pé, fazendo com que ele se desvie em direção aos demais dedos.

Índice:

São dolorosos, deformam o pé e pioram com os calcanhares. Falamos sobre joanetes. Conhecidos clinicamente como “hálux valgo”, os joanetes são deformidades ósseas criadas na articulação da base do dedão do pé, fazendo com que ele se desvie em direção aos outros dedos.

É uma condição bastante comum, principalmente com o passar do tempo, agravada por certos hábitos, como o uso excessivo de salto, ou por certos esportes, como pode ser o caso das bailarinas. Sapatos com salto alto podem alterar a distribuição do peso sobre os pés, colocando mais pressão na parte frontal e contribuindo para o desenvolvimento de joanetes.

Por que aparecem os joanetes?

As causas dos joanetes podem variar, mas estão comumente associadas a fatores genéticos, uso de calçados inadequados, lesões nos pés ou problemas estruturais nos ossos e articulações do pé.

Pressão constante na articulação do dedão do pé devido a fatores externos podem contribuir para o desenvolvimento dos joanetes. É importante tratar precocemente os joanetes para evitar complicações e melhorar a qualidade de vida.

Quais os sintomas do joanete?

Você precisa tomar medidas adequadas, pois os sintomas tendem a piorar com o tempo. Caso esses sinais apareçam, é recomendável procurar a opinião de um especialista em cirurgia do pé para diagnóstico e tratamento adequados. Esses sintomas incluem:

  1. Saliência na base do dedão do pé: forma-se um caroço na articulação do dedão do pé, que é um sinal característico de joanete.
  2. Desvio do dedão do pé: O dedão do pé tende a inclinar-se em direção ao segundo dedo do pé, criando uma deformidade no alinhamento normal dos dedos.
  3. Dor ou desconforto: Pode ocorrer dor na articulação do dedão do pé, especialmente ao usar sapatos apertados ou após períodos prolongados de tempo.
  4. Inflamação: A área ao redor do caroço pode ficar inflamada, causando sensação de calor e vermelhidão.
  5. Mudança no formato do pé: Com o tempo, o pé pode adquirir um formato mais largo devido à deformidade do joanete.

Joanete tem cura?

O tratamento do joanete, ou hálux valgo, depende da gravidade dos sintomas e da progressão da deformidade. Em muitos casos, medidas conservadoras podem ajudar a aliviar a dor e a prevenir o agravamento do problema, mas a correção completa pode não ser possível sem intervenção cirúrgica. Algumas opções de tratamento incluem:

  1. Calçados Adequados: Usar sapatos confortáveis e largos, que não comprimam os dedos, pode aliviar a pressão sobre a articulação do dedão do pé.
  2. Almofadas e Órteses: Almofadas e dispositivos ortopédicos podem ajudar a distribuir a pressão de maneira mais uniforme e reduzir o atrito, aliviando assim a dor.
  3. Fisioterapia: Exercícios específicos podem fortalecer os músculos do pé e melhorar a mobilidade, proporcionando alívio para os sintomas.
  4. Medicamentos: Medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) podem ajudar a reduzir a dor e a inflamação associadas ao joanete.
  5. Injeções de Corticosteroides: Em alguns casos, injeções de corticosteroides podem ser administradas para aliviar a inflamação e a dor.
  6. Cirurgia: Se os sintomas são graves e não respondem às medidas conservadoras, ou se há uma limitação significativa na função do pé, a cirurgia pode ser considerada. A cirurgia pode envolver a realinhamento dos ossos, remoção do tecido ósseo adicional ou reparo de ligamentos.

É importante consultar um profissional de saúde, como um podólogo ou ortopedista, para avaliação e recomendações específicas para o seu caso. Nem todos os joanetes exigem cirurgia, e a abordagem de tratamento pode variar de acordo com as necessidades individuais do paciente. Em alguns casos, a intervenção precoce e a adoção de medidas preventivas podem ajudar a retardar ou impedir a progressão da deformidade.

Quem tem joanete pode usar salto alto?

O uso constante de sapatos apertados ou com bico estreito pode aumentar a pressão na articulação do dedão do pé, agravando o desenvolvimento de joanetes ou piorando os sintomas existentes.

Os sapatos com salto alto podem alterar a distribuição do peso nos pés, exercendo mais pressão na parte frontal e contribuindo para o desenvolvimento de joanetes. Além disso, a falta de suporte adequado no calçado pode contribuir para um desequilíbrio na distribuição do peso sobre os pés, o que pode afetar negativamente a articulação do dedão do pé e aumentar a probabilidade de desenvolvimento de joanetes.

O calçado não é apenas um elemento de prevenção do aparecimento do joanete, mas em muitos casos faz parte do tratamento. Recomenda-se o uso de calçado confortável e espaçoso, com biqueira larga que permita a livre movimentação dos dedos.

Um bom suporte e uma altura moderada do salto também podem ajudar a aliviar a pressão na articulação do dedão do pé.

Complicações dos joanetes a longo prazo

A dor na articulação do dedão do pé pode se tornar crônica e afetar a qualidade de vida de quem tem, interferindo nas atividades diárias como caminhar: Os joanetes tendem a piorar com o tempo se não forem tomadas medidas para tratar a causa subjacente.

O dedo do pé e a articulação podem tornar-se mais pronunciados, além de gerar deformidades associadas (dedo em garra, metatarsalgia…) devido à adaptação do resto das estruturas à deformidade.

A pressão constante causada pelo desvio do dedão do pé pode causar calosidades em áreas específicas do pé, causando desconforto adicional. Em alguns casos, a pressão contínua sobre a articulação pode levar ao desenvolvimento de osteoartrite , o que agrava a dor e a inflamação. Essa osteoartrite, aliada à deformidade progressiva e à dor, pode afetar, limitando a mobilidade e a capacidade de realizar atividades normais.

Cirurgia para joanete

A cirurgia para correção de joanetes pode ser realizada de diferentes formas:

  • Cirurgia de joanete com incisão aberta,
  • Cirurgia minimamente invasiva.

Em termos gerais, ambos os procedimentos são totalmente eficazes na resolução da patologia, cada um com uma série de benefícios. Embora cada técnica tenha alguns aspectos positivos e limitações, é importante destacar que são igualmente eficazes na correção da deformidade e quem deve decidir é o cirurgião.

Cirurgia de joanete com incisão aberta

Na cirurgia aberta, a correção da patologia é tratada diretamente com a exposição das estruturas afetadas, é uma cirurgia que permite grandes correções: Como contraponto, normalmente é necessário utilizar material de osteossíntese ( agulha, parafusos, etc.) e o processo de recuperação pode demorar um pouco mais.

Cirurgia minimamente invasiva

Por sua vez, a cirurgia minimamente invasiva consiste em pequenas incisões, avaliando as estruturas através de equipamentos de raios X: Permite realizar 90% das deformidades dos joanetes com este tipo de técnica. Permite caminhar desde o primeiro dia após a cirurgia, com calçado específico. Do lado negativo, algumas deformidades não são corrigíveis com este tipo de técnicas, sendo necessário recorrer à cirurgia de campo aberto.

Veja também: Truques para usar salto alto e não sofrer com dor nos pés

Pós-operatório de cirurgia de joanete

É importante ter em mente que a experiência da dor pode ser subjetiva, e o que pode ser doloroso para uma pessoa pode não ser tão doloroso para outro.

As reações normais após a operação são dor e desconforto; A princípio você terá que usar calçado específico, também deve ter cuidado e evitar carregar peso no pé operado por um período determinado. Além disso, a fisioterapia pode fazer parte do processo de recuperação para restaurar a força e a mobilidade dos pés.

Como alternativas à cirurgia (sabendo que o problema permanece subjacente), existem protetores e almofadas que ajudam a aliviar a pressão sobre o nódulo e proporcionam conforto; Órteses e palmilhas personalizadas que compensam o alinhamento do pé e distribuem o peso de maneira mais uniforme, além de fisioterapia e medicamentos que ajudam no tratamento da dor e do inchaço do pé, bem como na sua mobilidade.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

TRAJE ESPORTE FINO FEMININO